Site Loader

O Grupo Michelin concluiu hoje a aquisição de 100% da Levorin, líder no segmento brasileiro de pneus para veículos de duas rodas – motos e bicicleta. Em agosto passado, a companhia francesa divulgou ao mercado o interesse na compra dos ativos da empresa, mas a formalização da compra só pode ser concretizada agora após ter sido aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).


A Levorin atua no mercado de reposição de pneus desde 1943, emprega 2.000 funcionários e tem um
faturamento anual de R$ 600 milhões. Possui duas fábricas – uma no município de Guarulhos (SP) e a outra planta mais moderna está sediada no Distrito Industrial de Manaus (AM).


A venda da Levorin para a Michelin sinaliza que, apesar da conjuntura adversa que o país enfrenta, o mercado brasileiro continua sendo atrativo para os investidores internacionais desde que as operações sejam bem estruturadas. Este foi o caso da Levorin que, nos últimos anos, apresentou desiquilíbrio no fluxo de caixa, aumento das despesas e queda nas vendas.


Diante desse cenário, os acionistas da Levorin contrataram, no final de 2015, os serviços da IVIX Value Creation, consultoria operacional e financeira com expertise em reestruturações complexas de empresas.


Na primeira etapa, a IVIX concentrou seus esforços na restruturação financeira com objetivo de reduzir as dívidas da companhia. Ao mesmo tempo, em comum acordo com os sócios controladores, a consultoria assumiu o comando da empresa. A partir de janeiro de 2016, o sócio da IVIX, Pedro Guizzo, assumiu o cargo de presidente executivo da Levorin com a missão de reorganizar a companhia. Também foi indicado outro consultor da IVIX, Alberto Tepedino, para assumir a direção financeira.


Nesse período, a IVIX realizou uma profunda reestruturação operacional nas duas fábricas da Levorin, com objetivo de reduzir os custos e melhorar a geração de caixa. Em paralelo, foram conduzidas as negociações e estruturação da transação com o Grupo Michelin, que já tinha definido em seu plano estratégico a meta de conquistar uma participação relevante no segmento de pneus para veículos de duas rodas.


Considerada uma das líderes globais no mercado de pneus, com faturamento de 20,7 bilhões de Euros, no Brasil a multinacional vinha olhando com atenção o segmento de pneus de motos e bicicleta. Até então, a Companhia apenas importava os pneus para motocicletas, mas com a compra da Levorin o grupo francês assume uma posição de liderança neste mercado que apresenta elevado potencial de expansão nos próximos anos.


“Ao longo dos últimos meses, as operações da Levorin demonstraram capacidade de geração de caixa, culminando com a decisão de compra da Levorin pela Michelin”, comemora Pedro Guizzo. Segundo ele, o sucesso da operação só foi possível porque os acionistas da Levorin, com o apoio estratégico e operacional da IVIX, promoveram “mudanças no modelo de gestão e de governança da empresa, aliadas a uma eficiente renegociação das dívidas com os bancos e demais credores. Essas medidas trouxeram estabilidade operacional e financeira para a empresa e lhe deu condições de ser atraente para os investidores”, complementa Guizzo.

Publicado por Pamella Cajano
(Redação – Agência IN)

Post Author: Akurat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *