Site Loader

Se pudesse voltar no tempo, teria estruturado um “private equity” (fundo que investe em empresas, sem o intermédio da Bolsa)

Publicado em 19 de Julho de 2013,

TNOnline
FolhaPress
Credito:divulgaçãoEmpresário afirma que, se pudesse voltar no tempo, teria estruturado um ( divulgação)
SÃO PAULO, SP, 19 de julho (Folhapress) – O empresário Eike Batista afirmou que se arrependeu de ter aberto o capital de suas companhias na Bolsa.

A declaração foi feita em artigo publicado no jornal “Valor Econômico”.

Segundo ele, se pudesse voltar no tempo, teria estruturado um “private equity” (fundo que investe em empresas, sem o intermédio da Bolsa). Em seu plano, elas permaneceriam fechadas até que Eike estivesse seguro para abrir o capital da companhia.

Eike também negou que tivesse tentando iludir os investidores com a OGX. No artigo, ele alega que perdeu bilhões de dólares com a empresa, e que, portanto, não teria se beneficiado caso ele tivesse tentando iludir alguém.

Sobre a MMX, MPX e LLX, o empresário afirmou que a depreciação de mercado é incompatível com o que elas têm a oferecer.

Por fim, afirmou que está longe de se aposentar, ao contrário do que, segundo ele, a mídia tem falado.

Post Author: Akurat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *