Site Loader

A compra da FLC, que nasceu como uma importadora de lâmpadas em 1992, pelo fundo de private equity Victoria Capital Partners foi parar em uma câmara arbitral.

O pagamento da aquisição foi fechado em cinco parcelas, mas duas deixaram de ser liquidadas junto à família fundadora, que também é responsável por um dos maiores projetos sociais do País.

O valor da transação não foi divulgado na época. Em 2014, ano da aquisição, a FLC faturava cerca de R$ 300 milhões, valor que já estaria 30% menor atualmente.

No ano passado, inclusive, uma fábrica de lâmpadas de led da companhia, em São Paulo, foi fechada.

O fundo alega que não foram cumpridas cláusulas contratuais, o que os fundadores negam.

No Brasil, o Victoria tem participações em empresas como a Oncoclínicas, Elemedia e Damásio. Procurados, o fundo Victoria e a família fundadora da companhia não responderam.

#FusõeseAquisições #DueDiligence #MA

Post Author: Akurat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *